Identidade e Propósito

A carta de hoje vai para vc de novo… pq vc sempre me traz uma luz em conhecimento e saber quando a gente conversa. Até brinco que é a sabedoria dos seus cabelos brancos, desconsiderando que temos apenas 1 ano de diferença.

Ha pouco mais de um ano, entre as continuas buscas que eu fazia sobre a razão da minha existência, me encontrei. Eu redescobri (no método IP) a minha identidade e o meu propósito ficou claro como água cristalina que brota da fonte. Lembro que fiquei confusa com tanta “nomenclatura”, era um universo totalmente novo e ele colocava em cheque muitas das minhas crenças e verdades. O processo em si foi gradativo, comecei tomando o leite até chegar no alimento sólido, a luz da palavra de Deus. E demorou um tempo até que eu entendesse que não precisava de nenhum esforço da minha parte para cumprir o meu propósito. Estranho, não? Se o propósito é algo que eu tenho que fazer, como não preciso “me qualificar?”. Então Deus me falou (muitas das vezes através de você) que eu deveria seguir em obediência, sem focar nas tribulações e que Ele poderia ser visto e glorificado através da minha vida e isso é o que precisava fazer sentido. Se eu fosse “qualificada”, seria meu o mérito, e deixava de ser um propósito.

Nossa mente parece que abre depois de passar por experiencias assim. E a vontade que temos é de abrir a mente dos outros e colocar a mesma informação que recebemos na cabeça deles. E hoje você me lembrou que não, que como na parábola do semeador, nem toda palavra cai em solo fértil. E pela primeira vez, não foi difícil aceitar que o caminho é assim, fácil e estreito. Que a decisão de trilha-lo é individual, como individual são tantas outras escolhas na nossa vida.

Minha idéia quando comecei a escrever essa carta era registrar aqui parte da nossa conversa tão esclarecedora, mas ao escrever, os argumentos começaram a se tornar irrelevantes. Não preciso defender nenhuma idéia, não preciso justificar nenhuma escolha, só preciso prosseguir para o alvo e olhar para os resultados que me movem todos os dias.

Sabe, quando entrei no universo da educação parental através da disciplina positiva, eu encontrei um mundo paralelo de “fachada” que é pior que a vida perfeita exibida em imagens bonitas nas redes sociais. É esse mesmo mundo que se aflora nas casas quando as famílias precisam conviver e não foram preparadas para isso. E recebi os pedidos de socorro e pude agir como um bálsamo na ferida, dizendo apenas que tá tudo bem. Que não nascemos perfeitos, não nascemos prontos, mas nascemos planejados por um Criador - e que ele, em sua infinita criatividade, nos fez únicos e nos fez peças de um grande quebra-cabeças. E sou feliz por ser resposta a esse mundo. Por ter encontrado a minha própria resposta, por ter encontrado na minha caminhada pessoas preciosas que acreditaram em mim primeiro. Sei que parte desse desejo que arde no meu coração de transbordar vem das conexões que Deus criou na minha vida enquanto moldava o meu caráter.

É muito bom ter você para dividir os “minutos de sabedoria” desde que ele era apenas um livro que liamos sem entender quando éramos criança.

Obrigada por ser minha ponte, por me conectar cada vez mais ao que realmente importa.

Sou feliz por ter certeza que você é uma benção de Deus aqui nessa terra, que você veio para mudar a vida das pessoas e que você possa seguir nesse caminho de entregar amor (mesmo que para pessoas cuidadosamente selecionadas). Talvez você não entenda a dimensão dessa verdade, mas enquanto eu viver (combinamos de morrer juntas, não esqueça) eu faço questão de te lembrar do seu inestimável valor.

Amo vc.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aniversários Importam!

Oie, hoje resolvi escrever uma carta pra vc. primeiro pq é o seu aniversário e segundo pq faz tempo que a gente não conversa. é engraçado olhar a vida e lembrar de um período que tínhamos um contato t

Metanóia

Oie, eu nem sei quantas filosofias de vida já trocamos, mas a carta de hoje é para você justamente pq vc sempre inspira meus pensamentos sobre a vida. E o pensamento de hoje é sobre esses muitos ciclo

Cala a boca você!

fico tão chateada quando vejo um adulto mandando uma criança calar a boca, sabia?! fico tentando colocar um adulto no lugar daquela criança e pensar se o comportamento seria o mesmo se a situação foss